WEBJORNAL UFPI 2009.2

Blog da monitoria de Web: dicas de sobrevivência na disciplina

Plano de Curso - Prática II: Webjornalismo

UFPI – UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
CCE – CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – HABILITAÇÃO EM JORNALISMO
DISCIPLINA: PRÁTICA II (WEBJORNALISMO) – 2009-2
PROFESSOR MsC. ORLANDO BERTI
CARGA-HORÁRIA: 90 HORAS/AULA


I – EMENTA

INTERNET E HIPERMÍDIA. PLANEJAMENTO GRÁFICO E EDITORAÇÃO NA INTERNET. REDAÇÃO E EDIÇÃO EM MÍDIAS ON-LINE. REPORTAGEM AUXILIADA POR COMPUTADOR E TÉCNICAS DE PESQUISAS NA INTERNET. REQUISITOS HUMANOS E MATERIAIS DO JORNALISMO ON-LINE.

II – OBJETIVOS DA DISCIPLINA

  • Fornecer noções básicas, médias e avançadas sobre Webjornalismo;
  • Conceituar webjornalismo;
  • Caracterizar webjornalismo;
  • Destacar as interfaces redacionais nas mídias on-line;
  • Promover vivências sobre as novas tecnologias;
  • Vivenciar novas práticas e formas do webjornalismo;
  • Praticar webjornalismo em suas mais diversas interfaces;
  • Conhecer a história do webjornalismo no Mundo, no Brasil e, principalmente no Piauí.

III – METODOLOGIA


Aulas teórico-expositivas; Grupos de discussão; Seminários; Leituras de textos sobre webjornalismo. Pesquisas e atividades em sala de aula estimulando o aluno a analisar os fatos, notadamente webjornalísticos, com senso crítico, sempre destacando a cotidianidade piauiense.

IV – AVALIAÇÕES

1ª NOTA – Unidades teóricas da disciplina.
Prova escrita.
Prova 1 – Unidades 2,3,4 e 5 (valor = 5 pontos)
Prova 2 – Unidades 6 e 7 (valor = 5 pontos)
MODALIDADE: Individual
VALOR = 10 PONTOS.

2ª NOTA – Unidades teóricas da disciplina.
Prova escrita. Unidades 8,9,10 e 11.
MODALIDADE: Individual
VALOR = 10 PONTOS.

3ª NOTA – Trabalho prático de administração e vivência redacional de blogs jornalísticos.
MODALIDADE: Grupal – Sendo que cada leva de trabalhos vale 2,5 ponto.
VALOR = 10 PONTOS.

4ª NOTA – Trabalho prático de administração e vivência redacional de blogs jornalísticos.
MODALIDADE: Grupal – Sendo que cada leva de trabalhos vale 2,5 ponto.
VALOR = 10 PONTOS.

V – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO


UNIDADE  1 ( 2h/a): Apresentação docente e discente e do plano de curso; apresentação dos planos de aula do semestre e das metodologias de trabalho e de condução de estudos. 

UNIDADE 2 - INTERNET (2 h/a): Conceitos iniciais; a Internet hoje

UNIDADE 3 (4 h/a): Jornalismo Eletrônico;jornalismo Digital; ciberjornalismo; webjornalismo; jornalismo on-line.   

UNIDADE 4 - WEBJORNALISMO (4 h/a): Conceitos avançados; diferenciações em relação a outras formas de jornalismo .  

UNIDADE 5 (6 h/a): História do Webjornalismo (Mundo, Brasil, Piauí e Teresina)   

UNIDADE 6 - CARACTERÍSTICAS E DIFERENÇAS (6 h/a) : Blogs, Fotologs, Sitios, Portais.

UNIDADE 7  - CARACTERÍSTICAS DO WEBJORNALISMO (10 h/a): Instantaneidade; perenidade; Multidimensionalidade; Hipertextualidade; Interatividade.

UNIDADE 8  - O texto para o Webjornalismo (10 h/a): Características; Diferenciações; Peculiaridades; O ato do texto webjornalístico; Titulação; Palavras-chamativas.   

UNIDADE 9 - Recursos webjornalísticos ( 8h/a): Álbum de fotos; Links; Podcasts; Vídeos.

UNIDADE 10 (4 h/a): Agilidade e Ineditismo.

UNIDADE 11 (4 h/a): Aspectos éticos da vivência webjornalística; Os limites do webjornalista; O fator Ctrl C + Ctrl V   

UNIDADE 12 - PRÁTICA WEBJORNALÍSTICA (30 h/a): Blogs; Fotologs; Flickr; Twitter; Agências de notícias; Sitios; Portais; Coberturas online; Vivências do jornalismo minuto a minuto; YouTube.



VI – REFERÊNCIAS

5.1. BÁSICA

-CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.
- FERRARI, Pollyana. Jornalismo Digital. São Paulo: Contexto, 2003.
- MACHADO, Elias; PALÁCIOS, Marcos (orgs). Modelos de Jornalismo Digital. Salvador: Edições GJOL, Calandra, 2003.
- KUCINSKI, Bernardo. Jornalismo na era virtual. São Paulo: Perseu Abramo, Unesp, 2005.
- MACHADO, Elias. O Ciberespaço como fonte para os jornalistas. Salvador: Calandra, 2003.
- MARANGONI, Reinaldo; PEREIRA, Luciano Iuri; SILVA, Rafael Rodrigues. Webjornalismo. Indaiatuba: Fundação Biblioteca Nacional, 2002.
- MORETZSOHN, Sylvia. Jornalismo em “tempo real” – o fetiche da velocidade. Rio de Janeiro: Revan, 2002.
- MOURA, Leonardo. Como escrever na rede – manual de conteúdo e redação para a Internet. Rio de Janeiro: Record, 2002.
- ROSA, Mario. A reputação na velocidade do pensamento – imagem e ética na era digital. São Paulo: Geração Editorial, 2006.
- SPYER, Juliano. Conectado. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007.
- WOLTON, Dominique. Internet, e depois? Porto Alegre: Sulina, 2003.


5.2. COMPLEMENTAR

- AUGÉ, Marc. Não-lugares – Introdução a uma antropologia da supermodernidade. Campinas: Papirus, 1994.
- BARBOSA FILHO, André; CASTRO, Cosette; TOME, Takashi. Mídias Digitais. São Paulo: Paulinas, 2005.
- CANCLINI, Néstor García. Diferentes, desiguais e desconectados. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2005.
- CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 2007.
- CASTELLS, Manuel. Fim de Milênio. São Paulo: Paz e Terra, 2007.
- CASTELLS, Manuel. O Poder da Identidade. São Paulo: Paz e Terra, 2006.
- CELEBRIAN, Juan Luis. A Rede. São Paulo: Summus, 1999.
- DI FELICE, Massimo (org.). Do público para as redes – a comunicação digital e as novas formas de participação social. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2008.
- FADUL, Anamaria; GOBBI, Maria Cristina (orgs.). Mídia e região na era digital – diversidade cultural e convergência midiática. São Paulo: Arte & Ciência, 2007.
- FERREIRA, Daniela Carvalho Monteiro; PAIVA, José Eduardo Ribeiro. O Áudio na Internet. Uberlândia, Edibrás, 2008.
- GANDELMAN, Henrique. De Gutenberg à Internet – direitos autorais na era digital. Rio de Janeiro: Record, 2001.
- GLENWRIGHT, Jerry. Fique por dentro da Internet. São Paulo: Cosac & Naif, 2001.
- GINDRE, Gustavo Et Al. Comunicação digital e a construção dos commons. São Paulo: Perseu Abramo, 2007.
- GOSCIOLA, Vicente. Roteiro para novas mídias. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2003.
- LEÃO, Lúcia (org.). Derivas – cartografias do ciberespaço. São Paulo: Annablume, 2004.
- LEMOS, André. Cultura das redes. Salvador: EDUFBA, 2002.
- MARTINS, Francisco Menezes. Impressões digitais – cibercultura, comunicação e pensamento contemporâneo. Porto Alegre: Sulina, 2008.
- MARTINS, Francisco Menezes; SILVA, Juremir Machado da (orgs). Para navegar no século XXI – tecnologias do imaginário e da cibercultura. Porto Alegre: Sulina, Edipucrs, 2003.
- MCKINLEY, Tony. Do papel até a Web – como tornar as informações acessíveis instantaneamente. São Paulo: Quark Books, 1998.
- MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1964.
- PRIMO, Alex. Interação mediada por computador. Porto Alegre: Sulina, 2007.
- SARDÁ, Laudelino José. Da Olivetti à Internet. Tubarão: Unisul, 2007.
- TAPSCOTT, Don; WILLIAMS, Anthony D. Wikinomics. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.
- THOMPSON, John B. Mídia e a Modernidade. Petrópolis: Vozes, 1998.
- VILCHES, Lorenzo. A migração digital. São Paulo, Rio de Janeiro: Loyola, Editora Puc-Rio, 2003.

0 opiniões:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Mais teorias

Minhas apostilas no ebaH!
Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget